Home    
   
7º DIA
O Adeus - D. António




Nova Ig. de Paranhos
























PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Manuel   
Quarta, 01 Novembro 2017 11:06
TOPO
fatima.santos
BAIXO

A Conferência Episcopal Francesa sublinha diferenças entre celebração de Todos os Santos e Halloween.“Enquanto o ‘Halloween’ é uma festa do medo, com as crianças (e adultos) a divertirem-se a causar medo aos outros e a elas próprias, a evocação católica é uma festa de comunhão, comunhão com os santos, a 1 de novembro, e com os ‘fiéis defuntos’ ”. A nota, traduzida em português pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, recorda que há mais de 2500 anos que os celtas celebram, a 31 de outubro, “o seu novo ano, o fim das colheitas, a mudança de estação e a chegada do inverno”. De acordo com esta tradição, nessa noite os fantasmas dos mortos visitavam os vivos; a festa foi conservada no calendário irlandês após a cristianização do país e implantou-se mais tarde nos EUA. “Para além das crenças primordiais das origens, o ‘Halloween’ é um pretexto para fazer a festa e esquecer as longas noites outonais, muitas vezes chuvosas e tristes. Por seu lado, a solenidade de Todos os Santos é uma festa mais ‘interior’". A Igreja Católica em França defende que é preciso dar um” novo fascínio” à solenidade de Todos os Santos e explicar às crianças que o Halloween “não é mais do que um divertimento”. A CEF deixa algumas sugestões para a celebração, em família, do 1 de novembro, como “rezar com os santos padroeiros ou com um santo particularmente querido” ou “escrever uma pequena carta sobre determinado santo e enviar a uma pessoa próxima que tenha o mesmo nome”. (in Ecclesia.pt)

Actualizado em Quarta, 01 Novembro 2017 23:58
 

solidariedade

CLIQUE NA IMAGEM

   
   
Artigos mais vistos
Obter Adobe Flash Player
Últimos artigos inseridos
   
                 
    Paroquia de Paranhos

DESIGN