Igreja Matriz de Paranhos, dedicada a S. Veríssimo, padroeiro da freguesia, assemelha-se às igrejas das aldeias e vilas do Norte de Portugal, pelo seu aspecto harmónico. Não sendo a primitiva – que já existia em 1123 – desconhece-se a data de construção da igreja matriz.
Sabe-se apenas que foi reconstruída em 1845 por se encontrar em ruínas e que, posteriormente, foi alvo de sucessivos benefícios e melhoramentos. A fachada tem o corpo central ladeado por duas torres sineiras, uma do século XIX e outra construída em 1946 e dois relógios, um de sol, de 1878, e outro mecânico, de 1857.
No seu interior tem uma só nave separada da capela-mor por um arco cruzeiro. Possui oito altares e um coro definido por gradeamento de ferro e bronze assente em três arcos sobre quatro colunas de pedra que formam o pórtico.

Encontra-se em fase de projecto, a construção da Nova Igreja de Paranhos.