Domingo, 9 de Agosto de 2020

Um domingo único em nossas vidas e que conta para a nossa história. Se não fora a pandemia, poderia ser semelhante ao do ano passado: missa no Jardim da Arca d’Água, no palco da festa solenizada pelo Órfeão de Paranhos sob a direcção do Sérgio Martins. Mas, pelos motivos que todos sabemos, de segurança sanitária, a missa foi na Cripta e com a particularidade de vermos o José Vítor Jesus Marinho a fazer a sua primeira comunhão, após uma catequese orientada pela Catequista Maria Marinho, que também vai preparando os adultos para o Crisma.

A Quinzena de Oração a Nª Sª da Saúde está a decorrer com normalidade e uma participativa assembleia de participantes e devotos. A Escala tem sido cumprida e os Grupos têm assumido bem esta singela devoção à Mãe de Deus segundo o tema proposto e as intenções de cada dia.

* Quinze dias de oração *

A nossa quinzena de oração em louvor de Nª Sª da Saúde está a decorrer. Aos sábados e domingos às 18,30 h e aos dias úteis às 21,30 h, na Cripta da Nova Igreja. Todos os dias um grupo paroquial toma um tema pré-definido e a intenção apontada. Esperamos uma grande adesão de devotos.

* 25 anos de 2ª presença *

As Irmãs da Caridade do Bom Pastor celebram os 25 anos da sua segunda presença em Paranhos. Para assinalar a data e agradecer esta presença, melhor que a Eucaristia, não há: assim foi no sábado na missa vespertina no Bom Pastor e neste domingo dia 2 de Agosto na Missa Paroquial das 11 horas na Cripta da Nova Igreja. Fundado em 1875 o Convento das Irmãs da Caridade do Bom Pastor, na Rua do Vale Formoso, onde viveu e morreu a Beata Irmã Maria Droste foi extinto pela república em 14 de Outubro de 1910. Foi convertido em Quartel de Transmissões e em 31 de Julho de 1995 as Irmãs que compraram o imóvel (construído por elas cem anos antes), vieram de novo iniciar a sua actividade na Cidade do Porto, concretamente na Paróquia de Paranhos.

*** Bodas de Ouro ***

Na missa Paroquial das 11 horas na Cripta da nova Igreja, neste primeiro domingo de Agosto de 2020, este casal António Domingos Pereira Moreira e Marília Júlia Pereira Soares Moreira, agradeceu a Deus os 50 anos do seu matrimónio realizado em Paranhos, aos 02-08-1970. Rodeados do acolhimento de toda a Comunidade presente e da sua família este casal teve um momento memorável e verdadeiramente feliz.